(19) 3886-1104

Do Berçário ao Ensino Fundamental I

Os dez anos que fazem diferença

De 3 meses a 1 ano

De 1 ano a 5 anos

De 6 anos a 10 anos

Com poucos meses de vida, o bebê chega à João e Maria.

No Berçário, encontra aconchego e cuidado, diferente não seria.

Conhece sabores, percebe cores.

Explora e recebe estímulos para se desenvolver – sim, já é hora!

Engatinha livremente e, no balanço pendurado na árvore, voa alegremente.

 

Por volta de 1 ano, dá os primeiros passos firmes.

É promovido à Educação Infantil, e um horizonte se revela tão gentil.

Desenvolve de psicomotricidade a oralidade, de coordenação a socialização.

Aprende experimentando, descobre o mundo gargalhando.

Brincadeira desperta curiosidade; interação com o meio gera conhecimento.

Bom demais viver esse momento.

 

Aos 6 anos, ganha aval para o Ensino Fundamental.

Feliz e autoconfiante, vai sempre adiante.

A sede por conhecer não pode mais deter.

Vem a autonomia do pensar; sabe questionar e argumentar.

Curiosidade se alia a criatividade.

Informação bruta vira conexão pura.

 

Conhecimento construído, alicerce estabelecido.

Conquistas, desafios, aprendizados – tudo junto e misturado.

 

Aos 10 anos, ele, agora jovem, sai pela porta, mas leva na bagagem o que importa.

Formandos do 5º Ano: prontos para outra história com final feliz.

Nossa História

Capítulo 1

Sonho real

 

É ano 2005. No Rio de Janeiro, Márcia Alvarenga, 25 anos, recém-formada em Biologia, começa a lecionar Ciências seguindo uma metodologia nova – o estudante como protagonista do processo de aprendizagem. Amor à primeira vista.

 

Pouco tempo depois, numa conversa em família, a moça estudiosa de mente inquieta fala, com entusiasmo contagiante, sobre a nova experiência profissional e confessa o sonho de, um dia, abrir uma escola para crianças.

 

Os ouvintes são Mauro Alvarenga e sua esposa, Isabela Machado. Isabela é formada em Letras, executiva da área de Marketing de uma grande instituição financeira, e, o pai, administrador por formação e estrategista por vocação – ambos residentes na capital paulista.

 

O trio não poderia imaginar, mas dali alguns anos estaria à frente de uma das principais escolas voltadas à Educação Infantil e ao Ensino Fundamental I de Vinhedo, uma cidade sobre a qual eles, neste ponto da história, não conheciam sequer a localização

Capítulo 2

Anúncio certeiro

 

Após dois anos de busca intensa por um local adequado em São Paulo e uma coleção de tentativas frustradas, Mauro para os olhos num anúncio dos classificados do jornal de domingo: uma escola à venda na região de Campinas. No prazo de alguns dias, tudo se resolveria.

 

Em setembro de 2007, a família, enfim, chega a Vinhedo, visita a João e Maria – em funcionamento desde 1994 – e por ela se apaixona..

Capítulo 3

Um novo jeito de ser e fazer

 

Em 2007, termina o ano letivo e começa a nova gestão (a terceira desde a fundação). Após uma sequência bem planejada de reformas e melhorias, tudo muda – cenário, estrelas, enredo.

 

Antes voltada exclusivamente à Educação Infantil, a Escola João e Maria amplia seu raio de alcance e inaugura, em 2010, o Ensino Fundamental I e também o Programa Bilíngue.

 

Eram 4 salas de aula, 40 estudantes e 10 funcionários. Agora, somam-se 16 salas de aula, 180 estudantes e 48 funcionários. Se no estado de São Paulo, há, em média, 1 profissional para 20 estudantes; na João e Maria o índice é bem distinto: 1 profissional para 4 estudantes!

 

Do Berçário ao 5º Ano do Ensino Fundamental, com programas diferenciados para períodos parcial (quatro horas), semi-integral (de cinco a sete horas) e integral (de 8 a 12 horas), a Escola João e Maria vem impactando positivamente vidas de famílias inteiras.

 

No decorrer de dez anos, os Joões, as Marias, os Bernardos, as Isabelas e tantas outras crianças crescem, desenvolvem-se e despedem-se, prontos para novas histórias com final feliz.

Proposta Pedagógica

Uma escola onde a criança é protagonista de sua aprendizagem

A criança questionadora, participativa, ativa; ela como protagonista de sua aprendizagem. Na outra ponta, o professor, não como detentor, mas mediador do conhecimento; aquele que orienta, estimula, instiga.

 

Na João e Maria, o construtivismo de Jean Piaget (1896-1980) é teoria posta em prática todo dia, o dia todo.

 

Nessa jornada do conhecimento, há um só ponto de partida: o despertar da curiosidade.

 

O aprendiz investiga, apura, formula hipótese, conclui. O erro não é problema, nem fraqueza, tampouco significa fracasso. Faz parte do processo, simples assim. O educador não evidencia a falha, mas auxilia na identificação de uma nova rota, sem obstruir o raciocínio lógico ou podar a criatividade.

 

É assim, nessa engrenagem tão perfeita, nessa sinergia tão especial, que, em bases sólidas, o conhecimento vai se construindo.

 

Para complementar e aprimorar o desenvolvimento intelectual, o sociointeracionismo de Lev Vygotsky (1896-1934) ganha força e espaço.

 

Nós somos fruto da interação com o meio em que estamos inseridos e, portanto, das relações que ali estabelecemos.

 

A teoria, de novo, funde-se à prática: o ambiente de ensino da João e Maria foi idealizado e materializado para, em linhas gerais, provocar, motivar, ES-TI-MU-LAR.

Nosso Jeito

Um lugar para aprender e ter novas vivências

Na João e Maria...

A criança é estimulada a questionar, a opinar, a pensar criticamente.

As regras surgem a partir de necessidades ou, mais comumente, de combinados entre aqueles que as seguirão.

 

Na João e Maria...

A interação harmoniosa com o meio e com o próximo forma valores, impulsiona a ética.

O conhecimento é construído dia após dia e conta com ferramenta poderosa: curiosidade. Perguntas lançadas espontaneamente abrem caminhos para novas informações.

 

Na João e Maria...

O conteúdo determinado pelo Ministério da Educação (MEC) é ministrado com critério e propriedade, e o aprendizado ganha impulso com os projetos pedagógicos: Convivência, Artes, Ciências, Literatura, Unesco e Horta. Quem foi que disse que sala de aula é o melhor lugar para ter aula?

O conceito mais amplo de sala de aula associa o conteúdo dos livros didáticos com a realidade do meio, criando um universo de sedução. E isso faz com que a aprendizagem tenha maior relevância para a criança.

 

Na João e Maria...

A hora do parque, tão estimada pelas crianças da Educação Infantil, segue no Ensino Fundamental, sem qualquer prejuízo do aprendizado.

 

Na João e Maria...

A criança é ouvida e, acima de tudo, respeitada.

O professor é qualificado e valorizado.

A família é integrada e sempre muito bem-vinda!

Na João e Maria...

A aprendizagem anda lado a lado com a alegria de aprender!

Programa Bilíngue

We have fun learning English!

 

A frase estampa o mural do Programa Bilíngue da João e Maria; cinco palavras simples que explicam praticamente tudo.

 

Toda tarde, entre 13h30 e 15h30, o português fica guardado na mochila. Crianças entre 5 e 10 anos embarcam numa aventura, e, para vencer os desafios, só há um caminho: o inglês.

 

No comando está um time capacitado, atualizado e supermotivado. Professoras com vivência no exterior ensinam o idioma universal. Mais do que nunca, criatividade é “keyword”!

 

A série “Super Minds – American English”, da renomada Universidade de Cambridge, oferece a base do aprendizado, mas são as atividades complementares que garantem dose extra de diversão e reforçam os diferenciais da João e Maria. Jogos, brincadeiras, teatro, música – isso tudo é rotina!

 

Para assimilar vocabulário de frutas e legumes, que tal preparar uma “fruit salad” na cozinha da Escola? Para treinar estruturas de perguntas, vamos de John and Mary Talk Show! Se o objetivo é aprender direções e preposições de lugar, nada melhor do que “treasure hunting”, concorda?!

 

Young Learners, Juniors, Juniors Up, Pre Teens 1 e Pre Teens 2. Cinco anos de inglês intensivo, e os resultados não poderiam ser melhores.

 

O Programa Bilíngue também acontece para os pequenos da Educação Infantil – Grupos 3, 4 e 5. São 30 minutos, de segunda a sexta-feira, preenchidos por... BRINCADEIRAS – tudo em inglês, claro!

 

A exposição ao idioma acontece de forma lúdica, mas significativa – sempre respeitando o ritmo e o interesse de cada um. Os livros escolhidos são da série “Super Safari”, da Cambridge.

O Programa Bilíngue também acontece para os pequenos da Educação Infantil – Grupos 3, 4 e 5. São 30 minutos, de segunda a sexta-feira, preenchidos por... BRINCADEIRAS – tudo em inglês, claro!

Vale informar

 

As crianças do Bilíngue, a partir do 2º Ano, fazem uso da Ficha de Avaliação. São diversos tópicos relacionados a desempenho escolar (“work behavior”) e relacionamento interpessoal (“social behavior”), preenchidos sob o ponto de vista da professora e do aprendiz. Tem mais: o estudante é encorajado a escolher um ou dois itens que gostaria de melhorar em seu desempenho e a traçar um plano de ação para tal! O mais legal é que este plano de ação é definido pela própria criança que o registra na ficha, com sua própria letra!

 

No turno regular as crianças do Ensino Fundamental têm duas aulas de inglês, de 45 minutos cada, por semana. Já os pequeninos da Educação Infantil, do Grupo 3 ao Grupo 5, têm duas aulas, de 30 minutos cada, por semana.

Nossos Diferenciais

Projetos

Sete projetos, mil possibilidades

Na João e Maria, o aprendizado não fica restrito ao conteúdo programático. Longe disso! No decorrer do ano, as crianças participam de seis projetos diferenciados e, a cada atividade realizada, vão se transformando...

 

A convivência harmoniosa com o outro, a relação sensível com a arte, a curiosidade sobre o mundo que nos cerca, o hábito saudável da leitura, o olhar mais humano e solidário, o cultivo de amigos de idades e perfis variados, o estímulo aos cuidados com o meio ambiente e à alimentação equilibrada...

 

Os projetos lidam com o conhecimento de maneira integrada e transdisciplinar, partem do interesse das crianças, permitem que novas descobertas aconteçam e formam indivíduos com uma bagagem mais ampla, com um olhar múltiplo, preparados para um mundo cada vez mais complexo e generalizado.

Educação Física

Delícia de aula!

Na João e Maria, a vida ativa é incentivada desde o início, ainda no Grupo 1. São realizadas atividades dinâmicas e divertidas, respeitando as limitações de cada um e fazendo adaptações quando necessário.

Para os menores, de 1 a 5 anos, atividades de manipulação de materiais e as que trabalham o esquema corporal de forma mais abrangente. Para os maiores, entre 6 e 10 anos, jogos coletivos, com regras mais complexas, sempre com muita ludicidade e diversão.

 

Na João e Maria, a vida ativa é incentivada desde o início, ainda no Grupo 1. São realizadas atividades dinâmicas e divertidas, respeitando as limitações de cada um e fazendo adaptações quando necessário.

Teatro

Levantem as cortinas

As aulas são bastante lúdicas, abordando expressão corporal e oral, jogos cênicos e improvisações.

Autoconfiança, autoestima, consciência corporal, coordenação motora, habilidades cognitivas (como memória e raciocínio), habilidades interpessoais, repertório cultural, expressão artística e por aí vai.

 

Todos esses benefícios vêm do teatro! E o melhor: na João e Maria, a arte de representar faz parte da grade curricular do Ensino Fundamental!

 

As aulas são bastante lúdicas, abordando expressão corporal e oral, jogos cênicos e improvisações.

Música

Vamos de Música?

Várias vezes ao ano, as crianças mostram tudo o que aprenderam em apresentações superespeciais para suas famílias!

Enquanto ouvem canções, os pequenos melhoram a fala, a concentração, a expressão corporal. E quando começam a manusear instrumentos, desenvolvem-se outras características: coordenação motora, memória, criatividade...

 

Na João e Maria, todas as turmas fazem aula de música – do Grupo 1 da Educação Infantil ao 5º Ano do Ensino Fundamental. Tem até bandinha de percussão!

 

Para os menores, a musicalização é o destaque: eles aprendem a sentir a melodia, o ritmo, a harmonia. Já os maiores entram em contato com a parte mais técnica e estudam expoentes da MPB, como Noel Rosa, Luiz Gonzaga, Caetano Veloso...

 

Várias vezes ao ano, as crianças mostram tudo o que aprenderam em apresentações superespeciais para suas famílias!

Parque

O parque é nosso!

A bicharada tem alimentação balanceada, mas, no caso do Alfredo e do João, os pequenos costumam presenteá-los com umas folhinhas deliciosas!

Na Escola João e Maria, a natureza não é meramente decorativa, do tipo que é só para ver. Aqui, o verde é presente para a visão, para a audição, para o olfato, para o tato.

 

A hora do parque, tão estimada pelas crianças da Educação Infantil, é mantida no Ensino Fundamental, sem qualquer prejuízo do aprendizado – ao contrário!

 

São ao menos 30 minutos por dia, de segunda a sexta-feira, dedicados ao lazer, ao faz-de-conta, às brincadeiras ao ar livre, com pé e mão na terra.

 

Essa também é uma ótima oportunidade para que as crianças, interagindo em um ambiente supervisionado por adultos, mas sem intervenção direta, possam aprender a resolver conflitos por meio do diálogo e estabelecer entre elas regras de convívio social, o que permite uma progressiva autonomia emocional.

Fazendinha

 

Em meio ao parque da João e Maria, fica a casa do Alfredo e do João. Quem são eles? O bode e o carneiro, velhos conhecidos do pessoal daqui!

 

Também habitam o ambiente escolar coelhos, galinhas, esquilos e jabutis – um jabuti, aliás, foi batizado de Raul Seixas pelos amigos humanos.

 

A bicharada tem alimentação balanceada, mas, no caso do Alfredo e do João, os pequenos costumam presenteá-los com umas folhinhas deliciosas!

Balé

Expressão corporal

À base de muita ludicidade e no maior alto-astral, as crianças são envolvidas no universo fascinante do balé.

 

O foco principal é a percepção corporal. A postura melhora, a flexibilidade aumenta, a coordenação motora evolui. Além disso, o balé estimula a musicalidade, a expressividade, a criatividade. Isso sem falar na questão da disciplina, da ordem...

 

Na João e Maria, as aulas de balé são abertas para meninas e meninos entre 3 e 5 anos, e ocorrem uma vez por semana, com uma hora de duração cada. E no fim do ano tem apresentação especial!

Nutrição

É bom e faz bem!

O serviço de alimentação e nutrição da João e Maria conta com uma nutricionista responsável técnica, uma cozinheira e uma auxiliar de cozinha.

Café da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar. A cozinha da Escola João e Maria não para! Apesar do cronograma apertado, tudo é feito com extremo critério e máximo carinho.

 

Garantir uma alimentação saudável, contribuindo para a saúde das crianças é objetivo traçado e cumprido dia a dia, várias vezes ao dia.

 

Avaliações nutricionais quantitativas e qualitativas determinam o percentual adequado de carboidrato, proteína, lipídeo, sais minerais e vitaminas por refeição para cada faixa etária. Frituras e embutidos, vale ressaltar, não têm vez!

Além disso, boas práticas quanto à manipulação de alimentos e higiene em geral promovem qualidade e segurança alimentar.

 

O serviço de alimentação e nutrição da João e Maria conta com uma nutricionista responsável técnica, uma cozinheira e uma auxiliar de cozinha.

Berçário

Cuidados mil, carinho infinito

Bebês dos 3 meses até aproximadamente 1 ano e 2 meses, bem-vindos ao Berçário da João e Maria!

Bebês dos 3 meses até aproximadamente 1 ano e 2 meses, bem-vindos ao Berçário da João e Maria!

 

Aqui, a palavra de ordem é: flexibilidade. Dormir, relaxar, contemplar, brincar – o nenê decide. As comidinhas têm horário certo, mas, se ele não quiser, tenta-se de novo, um pouco mais tarde...

 

Na sala superaconchegante, há o espaço da naninha, com berços – de acordo com os mais rígidos padrões de segurança – montados lado a lado; o da higienização; e, claro, o da estimulação!

 

No chão branco totalmente acolchoado, estão vários brinquedos e acessórios coloridos – todos escolhidos com o maior critério.

 

Fora da sala, uma árvore frondosa faz sombra e empresta seus galhos para prender diversos balanços. Aliás, os pequenos adoram ficar ali!

 

Mais à frente, fica a cozinha exclusiva do Berçário, para a preparação dos suquinhos e das papinhas – sempre de acordo com a orientação dos pais e do pediatra.

 

Ah, e a rotina de cada bebê é anotada em detalhes na agenda!

Fundamental I

“O Lucas, nosso mais velho, tinha por volta de 1 ano quando começamos a procurar uma escola para ele. A João e Maria foi uma grata surpresa. Lá, tinha tudo que queríamos: parte pedagógica boa, vivências dos conteúdos, ambiente acolhedor, poucos alunos por sala, comida caseira e saudável... E mais: os valores estavam conectados aos nossos! O respeito à natureza, ao próximo, o carinho e o amor que eles proporcionam às crianças diariamente em cada detalhe – tudo isso é muito importante. Crianças felizes realmente se desenvolvem mais! O Lucas fez o Programa Bilíngue; já o observamos em viagem, e ele não teve nenhuma dificuldade de interação. Hoje, ele frequenta o Instituto de Educação Príncipe da Paz, e a transição foi bem tranquila. Recentemente, ele participou de uma prova mundial de Matemática e ficou superbem colocado. Ganhou até uma medalha! E sabemos que grande parte disso veio da base que ele recebeu na João e Maria. O Lucas vem dizendo que vai estudar no MIT para ser cientista!”

Edilene Moitinho e Marcelo Moraes, mãe e pai do Lucas, 11 anos, na João e Maria do Grupo 1 ao 4º Ano do Fundamental, e do Nicolas, 5 anos, na Escola desde o primeiro ano de vida.

“Minhas filhas amam a João e Maria. As duas adoram os amigos e as professoras. Elas são curiosas e comunicativas. A Bárbara gosta de nos ensinar tudo; nós a comparamos à Luna, a personagem do desenho animado. A Beatriz, nossa caçula, adora ouvir a irmã e vive contando sobre as experiências que tem fora da sala de aula. Vejo como elas associam facilmente tudo que nos rodeia com os conteúdos que aprendem. As meninas falam com muito entusiasmo a respeito dos projetos em que estão trabalhando. Antes, aprendíamos só com os livros; hoje, as crianças aprendem vivenciando experiências. Eu e meu marido chegamos a pensar em morar em São Paulo, perto dos nossos escritórios, mas as escolas que vimos não tinham o verde da João e Maria... Além disso, sempre senti muita segurança em deixá-las lá, por poder entrar a qualquer momento. Sinto que eles não têm nada a esconder. Minha maior alegria é quando vou buscá-las, já de noite, e elas reclamam que não querem ir embora!”

Paula Renata Moraes, mãe da Bárbara, 6 anos, na João e Maria desde os 6 meses, e da Beatriz, 4 anos, na Escola desde os 8 meses.

“A João e Maria nos recebeu e nos apoiou numa das horas mais difíceis, o Berçário. Os anos seguintes foram uma consequência natural dessa primeira grande experiência. As professoras e assistentes sempre trataram o Lucca com muito carinho e nos deram orientações valiosas sobre como proceder em tantos momentos de dúvidas, mudanças de comportamento, humor, atitude. O corpo docente é excelente, e a proposta de ter a Escola funcionando em harmonia com os pais vai ao encontro do nosso pensamento e da nossa conduta. Acreditamos que as atividades e os projetos, o envolvimento dos pais e a metodologia adotada ajudaram na formação, fornecendo bases para ele ser um menino seguro e, ao mesmo tempo, proporcionando um desenvolvimento intelectual que nos surpreendeu positivamente. O relatório que nos foi oferecido no último dia de aula, em Português e Inglês, foi entregue na nova escola, nos Estados Unidos, e prontamente elogiado pelas educadoras. Elas se mostraram surpresas com o nível de detalhe fornecido e comentaram conosco que raramente uma escola possui esse tipo de cuidado com as crianças. Foram anos maravilhosos, e só temos a agradecer a toda a equipe da João e Maria!”

Patrícia Campos, mãe do Lucca, 4 anos, na João e Maria dos 5 meses aos 3 anos.

“Para nós, o principal sempre foi priorizar a infância, porque, a partir daí, nosso menino cresceria como indivíduo capaz de valorizar as coisas simples da vida e, acima de tudo, respeitar o próximo. Acredito que nisso a João e Maria, que era a segunda casa do nosso filho, não só contribuiu, como foi determinante. O Rodrigo é uma criança segura e questionadora, entende o limite das coisas, respeita o outro e sabe o que é ajudar quem precisa. E na parte intelectual, a Escola fez um ótimo trabalho. Fomos morar fora, na Argentina, e vejo a diferença do que ele aprendeu para o que ele aprende hoje. Ele até perde interesse em algumas atividades, porque diz que já aprendeu no Brasil. O Programa Bilíngue, aliás, ajudou muito! A escola atual trabalha com o Inglês e o Espanhol de forma simultânea, e, para entender, o Rodrigo não tem dificuldade nenhuma; ele nunca foge do contexto. Inclusive, esse foi um dos pontos elogiados pelas professoras. Só tenho a agradecer o período em que o Rodrigo passou na João e Maria; ele criou vínculos de amizade e, acima de tudo, sempre foi uma criança feliz.”

Milena Souza, mãe do Rodrigo, 5 anos, na João e Maria desde o Berçário até o Grupo 4.

“A Maria Luisa se desenvolveu bastante durante os dois anos em que frequentou a João e Maria: os estímulos, os conteúdos trabalhados, o convívio com outras crianças, a fala, a capacidade de dividir, de comer sozinha, o desfralde... Os projetos merecem destaque; a Malu sempre gostou muito dos temas explorados e chegava em casa contando sobre o que tinha aprendido. O contato com a natureza e os animais também fez toda a diferença, e sentimos falta dessa estrutura aqui nos Estados Unidos, onde vivemos hoje. O Programa Bilíngue, a propósito, ajudou na adaptação da Malu. Ela sempre adorou as aulas e vivia cantando as músicas em Inglês! Certamente, a João e Maria foi a escolha certa para os dois primeiros anos da vida escolar da nossa filha. Foi sofrido dar tchau, e até hoje ela fala da Escola. Gostaríamos de, mais uma vez, agradecer o amor, o carinho e os ensinamentos para todos nós. Estamos com saudade!”

Nina Marie Hoffmann, mãe da Maria Luisa, 4 anos, na João e Maria entre o Grupo 2 e o Grupo 3.

“A João e Maria ajudou nosso filho a se tornar uma criança sensível, criativa e participativa. Durante quase dez anos, o Luiz Henrique se desenvolveu muito em relacionamento, assumindo responsabilidade tanto na integração de estudantes novos, quanto na ajuda àqueles com dificuldade de aprendizado. E isso fez com que ele evoluísse como ser humano. Ele também teve todo o apoio para que aprendesse a estudar sozinho, e isso foi importante para sua autoconfiança. Num momento, ele passou a ter certa facilidade em algumas matérias, e a Escola logo o incentivou com exercícios e tarefas extras. Hoje, o Luiz Henrique estuda no Etapa, e a transição não poderia ter sido melhor. No início do ano, ele participou do Desafio Etapa e ficou em segundo lugar na classificação, com direito a medalha! Não temos dúvidas de que a João e Maria foi a melhor escolha que fizemos para nosso filho. Somos gratos pelo acolhimento e, claro, pelo ótimo ensino. Tudo isso foi base na construção do que ele é hoje: uma criança que gosta de estudar, segura e feliz.”

Maria Inês Bernardes e Helio Bazilio, mãe e pai do Luiz Henrique, 11 anos, na João e Maria do Grupo 1 ao 4º Ano do Fundamental.

“A João e Maria vem contribuindo em diversas frentes: o Gabriel aprendeu a conviver com as diferenças; tem valores bem claros mesmo com tão pouca idade; mantém uma alimentação saudável; e passou pelo processo de alfabetização de forma suave e tranquila. Gosto muito do método de ensino adotado: as crianças aprendem na prática, com seus próprios erros e acertos; fazem parte do processo de educação; são protagonistas, e não simples ouvintes; e são respeitadas dentro dos seus limites e potenciais. Na João e Maria, o Gabriel é tratado de forma personalizada e assim trata todos de lá. Conhece as pessoas pelo nome, relaciona-se com crianças de outras turmas; tem contato com animais, com flores, com a horta. E por ter esse contato diário, aprendeu a valorizar a natureza e a pensar de forma sustentável. A Escola atende aos nossos principais anseios para a faixa etária do nosso filho: foco em valores; sustentabilidade; inclusão social; respeito às diferenças; e socialização.”

Márcia Rissi, mãe do Gabriel, 7 anos, na João e Maria desde o Berçário, quando tinha 5 meses.

“No caso do Matheus, a João e Maria ajuda no convívio social, na comunicação, na identificação dos sentimentos, na formação do caráter e, claro, no aprendizado. Acreditamos que o método adotado pela Escola é o ideal e combina com a personalidade do nosso filho, porque une as pessoas e traz à tona o melhor delas. Os projetos desenvolvidos são um excelente complemento da educação, trazendo aspectos culturais, sociais e ambientais bem amplos, indo além do que normalmente se pratica nas escolas. A consciência ambiental que o Matheus está desenvolvendo contribui muito para sua formação e sua preocupação com o futuro. E quanto ao Programa Bilíngue, ele não se limita ao aprendizado de outro idioma, mas, sim, favorece o conhecimento de uma nova cultura, ampliando os horizontes do meu menino, que, aliás, sonha em ser jogador de futebol!”

Larissa Carapetcov, mãe do Matheus, 7 anos, na João e Maria desde o Grupo 3.

“Desde os primeiros anos de vida das minhas filhas, eu ficava pensando onde elas estudariam. Por um bom tempo, idealizei a escola perfeita, até que elas, enfim, ingressaram neste mundo maravilhoso da João e Maria. Minha mais velha iniciou a jornada aos 4 anos, quando viemos morar no Brasil, enquanto a mais nova, que nasceu aqui, já foi desde o Berçário. A Clara concluiu o Fundamental I em 2014. Foi a primeira turma da Escola. Recordo com carinho que nós, pais, desejamos muito o Ensino Fundamental, com Programa Bilíngue! Todas as crianças da João e Maria que ouço falar inglês possuem ótima pronúncia e domínio da língua, pois aprendem brincando, com ótimos professores. Apesar do ambiente que deixa as crianças bem à vontade, os projetos desenvolvidos ao longo do ano são sérios e envolvem toda a família. A parceria escola-família é uma parceria de sucesso! Sem dúvida, a João e Maria já faz parte dos melhores momentos das minhas filhas, superando inclusive minhas expectativas e idealizações.”

Cristiane Ferrari

“A Mariana estudou na João e Maria por sete anos, do Berçário ao início do 3º Ano. Acreditamos que a base adquirida através da metodologia aplicada foi fundamental para sua adaptação rápida e suave na escola bilíngue na Alemanha, para onde nos mudamos. As professoras daqui viram como diferencial e elogiaram demais a abertura da Mariana para o aprendizado de novos temas e ficaram impressionadas com seu nível de inglês. Aliás, quiseram saber detalhes sobre como funcionava o ensino da escola no Brasil – no caso, a João e Maria. Consideramos a integração com a família outro ponto forte. Sempre aproveitamos muito nossos momentos na Escola. A forma com que nossa filha foi educada contribuiu demais para sua bagagem e desenvoltura. Nossa filha mais nova, a Marcela, ficou na João e Maria por quase dois anos, do Berçário ao Grupo 1.”

Jamerson Daniel Ramos

“Dentre os diferenciais da João e Maria, eu destaco o acompanhamento individualizado das crianças e o diálogo constante com os pais para a solução dos problemas. Gosto bastante do método adotado pela Escola, pois ensina a criança a pensar e a respeitar a opinião dos outros. Nesse contexto, os projetos desenvolvidos ao longo do ano fazem toda a diferença. E tudo isso acontece num ambiente superacolhedor, com influência muito positiva no caso das minhas filhas. Por fim, vale ressaltar a qualidade do Programa Bilíngue. Todos nós amamos! Isso ajudou demais no desenvolvimento das meninas. Minha mais velha até já se formou – ela foi da primeira turma –, e a segunda já está no quarto ano, quase terminando.”

Juliana Cappellano

“Meus dois filhos estudam na Escola desde os cinco meses. Agora (2016), Pedro tem 6 anos, e Alice, 2. Eu amo a João e Maria. Acredito no método e na proposta pedagógica. Acho que ela se encaixa perfeitamente no perfil dos meus filhos e no que desejo para eles. Além de me encantar, me traz paz e confiança a abertura que a Escola nos oferece. Só quem faz a coisa corretamente pode permitir o livre acesso a tudo e a todos. Nunca num só dia desde que meus pequenos ingressaram lá me peguei pensando se eles estariam sendo bem cuidados. Isso sempre foi uma certeza para mim. Uma parceria de extrema confiança. A participação constante e ativa que temos na Escola, em todos os projetos e eventos, é muito bacana e certamente torna qualquer criança mais segura e confiante. Sem contar o ambiente! Que privilégio proporcionar a meus filhos a chance de estudar e aprender num lugar livre e com contato direto com a natureza. Enfim, sou uma mãe apaixonada pela João e Maria! Recomendo a todos de olhos fechados.”

Mayla Bordini

Depoimentos

Tour Virtual

Deixe-nos uma mensagem

Submitting Form...

The server encountered an error.

Enviado com sucesso

Escola João e Maria de Vinhedo

Av. Nossa Senhora das Graças, 410, Vinhedo, São Paulo, SP, CEP 13280-000

(19) 3886-1104